04/08/08


...saio de casa e abro a luz do dia. Guardo as chaves no momento a seguir. Páro a cada esquina da memória. Visito os meus fantasmas que estão de férias. Os carros passam em câmara lenta. A minha vida corre à minha frente como se estivesse no centro de um carrossel. Páro. Fecho os olhos. Pago um café. Saboreio o que tenho agora. O que desejo está realmente longe. Venha o açucar para adoçar a vida...que o trago é amargo. Recebo o troco em palavras e contradições. Não o quero. Deixo-o a um mendigo ao canto da rua. Pede-me mais. Apenas um sonho. Esqueceu-se de como se faz para sonhar. Olho para o relógio. Estou com pressa para lugar nenhum. Luz vermelha e eu continuo a andar. Atropelam-me os pensamentos perdidos em hora de ponta. Não controlam a sua velocidade. Não páro ainda. Não caio sequer. Não sinto nada. Um passo de cada vez. Mais à frente. A seguir. Mais rápido. Corro. Grito. Corro mais...de cada vez que olho para as montras nego a imagem reflectida: sou eu o fantasma que não pára. Sou eu o mendigo que não sabe sonhar. Sou eu...apenas eu...de costas voltadas para a humanidade. O anjo e o demónio na mesma face. Asas mortas. Olho o relógio. Se parar morro. A realidade cai em mim como uma pedra caída dos céus...uma lágrima de Deus...sim. Então, páro. (su)

12 comentários:

su disse...

Esta foto, apenas com esta música, parece que faz tudo...diz tudo...sente-se tudo...esta ´´e uma daquelas músicas da minha vida. Bem lembrado! E já agora, amiga...vou desafiar-te para o DESAFIO MUSICAL!! Sabes qual é, não sabes?! Seis músicas que te tenham dito algo ao longo da tua vida...eu ainda só vou na apresentação da 5ª música na Teia! Deve ser o próximo post! :)))

:)))

su disse...

...saio de casa e abro a luz do dia. Guardo as chaves no momento a seguir. Páro a cada esquina da memória. Visito os meus fantasmas que estão de férias. Os carros passam em câmara lenta. A minha vida corre à minha frente como se estivesse no centro de um carrossel. Páro. Fecho os olhos. Pago um café. Saboreio o que tenho agora. O que desejo está realmente longe. Venha o açucar para adoçar a vida...que o trago é amargo. Recebo o troco em palavras e contradições. Não o quero. Deixo-o a um mendigo ao canto da rua. Pede-me mais. Apenas um sonho. Esqueceu-se de como se faz para sonhar. Olho para o relógio. Estou com pressa para lugar nenhum. Luz vermelha e eu continuo a andar. Atropelam-me os pensamentos perdidos em hora de ponta. Não controlam a sua velocidade. Não páro ainda. Não caio sequer. Não sinto nada. Um passo de cada vez. Mais à frente. A seguir. Mais rápido. Corro. Grito. Corro mais...de cada vez que olho para as montras nego a imagem reflectida: sou eu o fantasma que não pára. Sou eu o mendigo que não sabe sonhar. Sou eu...apenas eu...de costas voltadas para a humanidade. O anjo e o demónio na mesma face. Asas mortas. Olho o relógio. Se parar morro. A realidade cai em mim como uma pedra caída dos céus...uma lágrima de Deus...sim.
Então, páro.

gracinda disse...

Mas com o teu texto ainda fica melhor. ;) Completa todo o sentido.

Quanto ao desafio... Olha, esta será sem dúvida uma das primeiras.
É daquelas que não me canso de ouvir. :)

su disse...

;p Já vi!! :)))

su disse...

Obrigado amiga.

Então, amanhã já vês como eu faço com o dsafio...mas já deves ter visto das outras quatro músicas que seleccionei. Vamos ter esta música em comum!! Eheheheheheheh...mais logo envio-te um mail!
;)

gracinda disse...

Sim.. lembro-me de ver posts sobre o desafio musical, mas se queres que te diga, não me lembro das músicas... Talvez Pink Floyd... Ou será sugestão? ;)

su disse...

Não é nada sugestão!! Mas até podia ser, eu sei! Olha fiquei sem saldo no telemóvel daí não te ter respondido! Eheheheh...tens de mudar de rede! ;p

Pois...as músicas que já apresentei foi precisamente Pink Floyd, depois Mike Oldfield, a seguir Depeche Mode, Pilar Home de Mello e amanhã deve ser U2!! :))

gracinda disse...

Pois é! Lembro-me agora de Depeche Mode, Enjoy the Silence e Mike Oldfield deve ter sido Moonlight Shadow. Esta é bem lembrada também para mim. ;)

Borboleta disse...

Olá Gracinda! Parece que sou o teu par nos marcadores :) Temos de combinar isso ;)
Beijinhos

su disse...

Agora trocam moradas, ou eu dou as moradas a cada uma (como quiserem!) e ao vosso ritmo vão fazendo os marcadoes e a lista e enviam quando quiserem até ao fim do mês. Convém é tirar as fotos do que fizeram antes de enviar para depois postar no dia 14 de Setembro! ;)

Ana disse...

Por vezes, é preciso algo importante para nos fazer parar. A realidade, talvez.

Gostei do texto.
Um beijo.

Porcelain Doll disse...

... mais vale ficar em casa... eu pensava assim, mais vale ficar em casa... adorei texto e imagem...